MELHOR TURISMO 2020_000507

PROGRAMA FORMAÇÃO-AÇÃO

MELHOR TURISMO 2020

LogotipoAssinatura_MT2020_Horizontal

logo ctp 2

modelos-barras-fundos-v04_3logos-fse-descritivo

Identificação e Enquadramento do Projeto

Aviso de candidatura n.º POCI-60-2019-10
Projeto n.º POCI-03-3560-FSE-000507
Programa Operacional Competitividade e Internacionalização
Fundo: FSE – Fundo Social Europeu
Eixo Prioritário: III – Promoção da sustentabilidade e da qualidade do emprego
Objetivo temático: OT 8 ‐ Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade dos trabalhadores
Prioridade de Investimento: 8.5 – Adaptação à mudança dos trabalhadores, das empresas e dos empresários
Tipologia da operação: Formação-Ação para PME – 2.º Ciclo
Organismo Intermédio: CTP – Confederação do Turismo de Portugal

Pedidos de alteração submetidos e aprovados

No dia 3 de Março de 2021 foi submetido e posteriormente aprovado, um pedido de alterações para o projeto, com o objetivo de ajustar:

  • Os ciclos abrangidos pelo projeto. Foi acrescentado o ciclo planeamento nas temáticas Gestão de Empresas turísticas e Economia Digital;
  • A data de fim do projeto. Passou para 22/11/2022;
  • O orçamento do projeto. Reduziu-se para 554.062,80.

Montantes Envolvidos e datas da candidatura original

Custo total elegível: 557.362,80 €
Comparticipação do FSE: 501.626,52 €
Data de início do projeto: 26/11/2019
Data de fim do projeto: 25/11/2021

Montantes Envolvidos e datas da candidatura após PA1

Custo total elegível: 554.062,80 €
Comparticipação do FSE: 498.656,52 €
Data de início do projeto: 26/11/2019
Data de fim do projeto: 25/11/2022

Localização do Projeto

As PME participantes no projeto deverão desenvolver a sua atividade total ou parcialmente nas regiões do Norte e Centro (NUT II).

Síntese do Projeto

Com este projeto pretende-se dar o contributo efetivo às PME para a formação dos empresários e gestores na reorganização e melhoria das capacidades de gestão, nas temáticas selecionadas. Este contributo efetivo é alcançado através da implementação de um programa estruturado de intervenção no conjunto das PME abrangidas, visando a obtenção de soluções comuns e coerentes face a problemas ou oportunidades a explorar.

Descrição e Objetivos do Projeto

Intensificar a formação dos empresários e gestores para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão, assim como dos trabalhadores das empresas, apoiada em temáticas associadas à inovação e mudança, através de:

  • Aumento da qualificação específica dos trabalhadores em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas
  • Aumento das capacidades de gestão das empresas para encetar processos de mudança e inovação
  • Promoção de ações de dinamização e sensibilização para a mudança e intercâmbio de boas práticas

Metodologia de Formação-Ação

A formação-ação é uma intervenção com aprendizagem em contexto organizacional e que mobiliza e internaliza competências com vista à persecução de resultados suportados por uma determinada estratégia de mudança empresarial. Os tempos de formação e de ação surgem sobrepostos e a aprendizagem vai sendo construída através do desenvolvimento das interações orientadas para os saberes fazer técnicos e relacionais. Trata-se de uma metodologia que implica a mobilização em alternância das vertentes de formação (em sala) e de consultoria (on the job).

O projeto, envolvendo um total de 58 PME, será desenvolvido entre 2019 e 2022, com a duração máxima de 36 meses, de acordo com o seguinte padrão:

Áreas Temáticas do Projeto

  • Para o ciclo Gestão de Microempresas a componente de formação teórica funcionará exclusivamente em regime de workshops, com até 3 formandos por empresa. As empresas participantes farão duas intervenções obrigatoriamente:
    • Capitalizar: otimização de recursos financeiros: 36 horas de consultoria + 24 de formação
    • Economia digital: 36 horas de consultoria + 24 de formação
  • Para o ciclo Temático a componente de formação teórica será ministrada exclusivamente em ambiente intraempresa.  Áreas de intervenção:
    • Gestão de empresas turísticas: 50 horas de consultoria + 75 de formação
    • Economia Digital: 50 horas de consultoria + 75 de formação
  • Para o ciclo Planeamento a componente de formação teórica será ministrada em ambiente interempresa tendo 5 horas  na modalidade de workshop com a totalidade dos formandos de cada temática. Áreas de intervenção:
    • Gestão de empresas turísticas: 60 horas de consultoria + 40 de formação
    • Economia Digital:60 horas de consultoria + 40 de formação

Financiamento

90 % das despesas elegíveis